Megalizz Funciona? Alisa o Cabelo Naturalmente? Meu Relato

Muitas mulheres sonham em ter os cabelos lisos e sempre domados, é ou não é verdade? Se você veio até aqui em busca de informações sobre como alisar as suas madeixas naturalmente, está no lugar certo!

Hoje quero bater um papo com vocês sobre um produto que é novidade no mercado mas já chegou causando burburinho entre as consumidoras.

Trata-se do Megalizz, um aliado que permite cabelos mais lisos, brilhosos e bonitos naturalmente.

Não importa se você tem cabelos cacheados, ondulados ou mesmo lisos – a batalha diária que enfrentamos contra fios rebeldes é conhecida de todas as mulheres.

Ou melhor… era! Felizmente, a tecnologia evolui a cada dia e agora temos um meio de controlar o volume e deixar os fios sempre impecáveis no conforto da nossa própria casa.

E não se engane pensando que tal procedimento demora horas para acontecer.

A grande sacada é que Megalizz funciona no banho, simples assim! Quer ver só? Acompanhe comigo que vou lhe contar tudo sobre ele.

O que é Megalizz?

Como o próprio nome já nos revela, o Megalizz é um produto que promove cabelos lisos instantaneamente.

Trata-se de uma progressiva de chuveiro que, em apenas 15 minutos, faz os fios “desmaiarem” e ficarem lisinhos.

Esse shampoo é livre de formol e chegou para revolucionar a nossa vida.

Ele facilita a vida de quem quer cabelos lisos sem precisar passar um tempão na cadeira do salão de beleza.

http://www.beatsoftomorrow.com.br/wp-content/uploads/2019/01/mega-lizz-1.jpg

Megalizz devolve a nossa liberdade e permite total controle sobre os fios mais rebeldes.

Seus ingredientes emolientes super concentrados dão um choque de hidratação nos cabelos durante o procedimento normal de lavagem.

Você entra no seu banho diário e sai com os fios lindos e soltinhos, prontos para secar e arrasar.

http://www.beatsoftomorrow.com.br/wp-content/uploads/2019/01/mega-lizz-funciona-mesmo.png

Megalizz x outros tipos de alisamento

Notícias sobre mulheres que fizeram alisamento químico no salão de beleza e foram parar no hospital é que não faltam. Certamente você já ouviu falar a respeito de algum caso.

Isso acontece principalmente por conta do formol presente na composição de escovas progressivas tradicionais e até mesmo em alguns tratamentos estilo botox capilar.

Embora seja proibido pela Anvisa acrescentar mais que 0,2% de formol nos cosméticos, nem sempre esse limite é respeitado. E mesmo quando o índice é baixo, o perigo é alto.

Para saber se um produto tem formol ou não, é só cheirar ou ficar exposta a ele, ainda que por pouco tempo.

A ardência que o elemento causa no nariz resulta em dificuldades na respiração, lacrimejo e muita irritação.

Preocupados com uma alternativa saudável e livre de efeitos colaterais danosos como esses para a nossa saúde e bem-estar, os desenvolvedores do Megalizz criaram um blend de nutrientes 100% livre de formol.

Podemos usar o produto até mesmo diariamente, sem qualquer tipo de preocupação.

Nesse sentido, MEGALIZZ funciona muito melhor do que os outros tipos de alisamento do mercado.

A combinação de seus mais de 20 compostos emolientes, dentre os quais está o óleo de Argan e o Pantenol, deixa nossos cabelos lisos e hidratados sem perigo algum.

Modo de usar o produto

O passo a passo para aplicar Megalizz é bem simples, como qualquer shampoo. A diferença está no tratamento que ele proporciona. Veja só como usar:

  1. Lave o cabelo

Dependendo de o quanto os cabelos estiverem oleosos, você pode fazer essa primeira etapa somente com água, com um pré-shampoo ou um outro shampoo de sua preferência.

  1. Aplique o Megalizz

Deixe a água escorrer um pouco e aplique o produto em todo o comprimento dos fios, da raiz até as pontas. Deixe agindo por cerca de 15 minutos.

  1. Enxágue

O produto é absorvido pelos cabelos, mas o excesso deve ser bem enxaguado para garantir a leveza dos fios.

  1. Seque

Use o secador de cabelos para que os componentes termo ativados do produto entrem em ação e completem o alisamento.

Prontinho, agora é só sair toda linda desfilando com os seus cabelos lisos por aí! Bem mais fácil e barato que passar horas no salão, né?!

 

Benefícios do Megalizz

Toda a segurança e praticidade desse shampoo, que age como uma poderosa progressiva de chuveiro, já é um grande benefício.

Ele foi pensado especialmente para a mulher moderna que precisa de um produto descomplicado e rápido.

http://www.beatsoftomorrow.com.br/wp-content/uploads/2019/01/mega-lizz-como-conheci.jpg

Mas não para por aí. Com MEGALIZZ conquistamos:

  • Cabelos sedosos e lisos por mais tempo
  • Redução de custos e de tempo para alisar o cabelo
  • Efeito profissional no conforto da nossa casa
  • Manutenção simples
  • Hidratação intensa nos fios a cada lavagem, garantindo muito brilho e maciez
  • Selamento completo das fibras capilares

Onde vende?

Para comprar MEGALIZZ, basta acessar o site oficial do produto ou o link que deixarei aqui na postagem.

A compra online é bem segura e descomplicada, em poucos dias o seu shampoo alisador chega e você já pode começar a usar.

http://www.beatsoftomorrow.com.br/wp-content/uploads/2019/01/mega-lizz-pre%C3%A7o.jpg

Minha experiência com a marca

Como você deve ter percebido, assim que eu usei Megalizz pela primeira vez já virei fã. Essa progressiva de chuveiro é incrível e eu jamais vi algo do gênero anteriormente.

Lavo o cabelo dia sim dia não, sempre com um pouquinho do produto. Ele rende bastante e tem efeito instantâneo.

Além disso, percebo também efeitos cumulativos, pois a cada lavagem fica mais simples de realinhar os fios.

Sinto que conquistei a liberdade ao me ver finalmente longe dos alisamentos químicos tradicionais. Isso com um produto que é muito mais natural sem deixar a desejar na eficiência.

Ter pleno controle sobre aqueles fios rebeldes, frizz e o volume exagerado é maravilhoso. Recomendo!

Reputação entre outras consumidoras

Não sou a única que está contente com os efeitos do produto.

A cada dia surgem mais depoimentos e comentários positivos de quem também se surpreendeu com ele. Tanto que se pesquisarmos por Megalizz no Reclame Aqui, não há qualquer menção negativa. Quem usa sempre aprova.

O que fazer para cuidar do cabelo antes do casamento?

Tão importante como ter um vestido ideal no nosso grande dia, é se orgulhar de um cabelo perfeito. Para tomar nota das seguintes dicas!

A organização de um casamento é uma tarefa emocionante, mas também muito exigente. A dia de hoje, organizar um casamento envolve vários detalhes a ter em conta. E, entre eles, não nos podemos esquecer da preparação do nosso cabelo, acima de tudo, no inverno. Tão importante como ter um vestido ideal no nosso grande dia, é se orgulhar de um cabelo perfeito.

Muitos dos cuidados que devemos dar ao nosso cabelo, nós podemos fazer a partir de casa, dia-a-dia, e sem a necessidade de investir muito tempo (seis meses pode ser suficiente), nem muito dinheiro.

Para tomar nota das seguintes dicas!

  • Leva um estilo de vida saudável. Cuide de sua alimentação, beba muita água e durma pelo menos sete horas por dia. Se, além disso, pratica algum esporte, os bons resultados serão aumentados.
  • Cuidado com o sol. Os raios UV desidratam muito o cabelo. Como durante os meses de primavera e verão é quase impossível evitar o sol, é altamente recomendável fazer uso de produtos profissionais que possam ajudá-lo a proteger-se e lhe realcem.
  • Higieniza as pontas. Corte o seu cabelo a cada três meses e deita contas para que, um mês antes do casamento, se toque de fazer essa recuperação. Evitar as pontas duplas e danificadas. Além disso, você pode optar também pela aplicação de um sérum
  • Hidrátalo regularmente. É fundamental usar uma máscara hidratante uma vez por semana. Assim como o shampoo, vai trazer muito brilho para o seu cabelo e lhe dará uma aparência saudável. Conseguirá dar-lhe uma textura mais leve para que o cabelo possa trabalhar melhor no seu dia-B.
  • Não abuses de secador de cabelo. Faça-o em temperatura média, e aplicar antes um produto específico que protege o cabelo do calor. A exposição prolongada a um foco de calor faz secar o cabelo.
  • Aplique a tintura cerca de duas semanas antes do casamento. Conta com tempo suficiente para que fique mais natural, no dia de seu link. Existem também tratamentos pré-cor que preparam o cabelo. Hoje em dia a coloração é muito natural e as técnicas muito bem cuidadas.

É claro, escolher o penteado que melhor se senta e certifique-se de fazer as provas poucas semanas antes, para ver o efeito. Sem dúvida teremos que ter em conta o comprimento do cabelo e se este é fino ou generoso, porque essas características também nos condicionam. Ah! Não se esqueça de 4 cortes de cabelo que sempre triunfam temporada após temporada.

Há muitas formas de criar penteados incríveis, mas sempre com os cabelos saudáveis. Um cabelo brilhante pode ser o aliado perfeito para ficar perfeita no dia do seu casamento.

Carla Gonzalez, de ZANKYOU

Zankyou é o portal de casamentos líder a nível internacional com vestidos de noiva, inspiração e toda a ajuda necessária para organizar o seu casamento.

Compartilhe-o:

O que é o Coaching Nutricional e no que você pode ajudar?

Ninguém nos ensina realmente a comer. O Comemos por necessidade? por costume? podemos comer de outra forma? Algumas das chaves do Coaching Nutricional.

Agora que já temos assumido que a alimentação e as emoções caminham, inevitavelmente, da mão, podemos começar a tentar a nossa dieta a partir de outra perspectiva.

Você conhece o Coaching Nutricional? Da mesma forma que milhares de trabalhadores se colocaram nas mãos de coaches para eliminar bloqueios emocionais, resgatar capacidades adormecidas e relançar a sua carreira para viver em sintonia com a sua verdadeira personalidade, é altamente recomendável que todos e cada um de nós fazemos um trabalho de autoconhecimento para analisar a nossa relação com a comida.

Nos ensinam a usar os talheres, aprendemos as regras básicas de comportamento à mesa, mas o certo é que ninguém nos ensina realmente a comer. O Comemos por necessidade? por costume? podemos comer de outra forma?

O Coaching Nutricional propõe rever os hábitos alimentares da pessoa, encontrar as conexões com as diferentes emoções para, finalmente, treinar determinadas condutas e superar, assim, possíveis problemas e melhorar a saúde em todos os níveis.

Algumas das chaves do Coaching Nutricional são:

Fixa seus objetivos pessoais

Além de moda, tendências ou o que você ouve em seu ambiente mais próximo. Tu és única, e seus objetivos também devem sê-lo. É claro que, além de pessoais, tem que ser objectivos realistas. Se a sua ideia é se tornar Giselle Bündchen da noite para o dia, talvez você deve considerar em que níveis de exigência pessoal que você está se movendo e tentar reduzi-los à terra.

Identifica a sua motivação

Como seus objetivos são únicos, só você sabe realmente o que te motiva para chegar a eles. A partir de um desejo de mudar o seu físico para a necessidade de provar a si mesma que você é capaz de superar seus próprios desafios ou o projeto de uma nova vida mais saudável… você mesma.

Aponta seus pontos fracos

Você conhece perfeitamente e sabe de sobra por onde você pode perder a força. Será que é preguiça? a gula? Quais são os pensamentos costumam acecharte pouco antes de abandonar um projeto? Assim que tiver identificado a seus inimigos comuns, você pode apontar com o dedo e da próxima vez que aparecer será mais fácil detê-los. Isso sim, se um dia falhas, não te castigues… não é necessário sentir remorso, basta recuperar o plano com a energia e seguir em frente.

Comece por pequenas mudanças

Roma não foi construída em um dia e mudar as diretrizes de sua própria vida, não é tarefa fácil. Não quer ir rápido demais ou se frustrarás. Dê valor a cada pequeno gesto que vai mudando, o que você está fazendo tem muito mérito!

O fome ou ansiedade? Aprenda a diferenciar

A sensação de fome é traição, porque pode ser devido a uma carência nutricional do organismo, que precisa de ser alimentado, ou também pode ser fruto da ansiedade e a necessidade de tratar fisicamente, tanto externa como internamente. Um truque para diferenciá-las: quando você está com fome, não descartas nenhum tipo de alimento, precisa apenas de comer e de tanto te serve uma maçã como um prato de espaguete. No entanto, quando é a ansiedade que o ameaça, trata-se de um insano jogo de sua mente, por isso que só te apetecerán refeições muito específicas (aquelas bolachas que te adoro, as batatas fritas que acabam de anunciar pela televisão, etc.). Nesse caso, curta o jogo tomando um chá ou um spray anti-vontade com sabor a menta.

Compartilhe-o:

Por que você tem que fazer 6 refeições leves ao dia?

Se fizermos 6 e não 5 refeições leves a cada dia, os benefícios serão muito maiores. Descubra por que e como pode fazê-lo.

Levamos já alguns anos ouvindo a importância de fazer 5 refeições por dia, comer 5 porções de frutas e legumes… Mas a realidade é que, se fizermos 6 e não 5 refeições leves a cada dia, os benefícios serão muito maiores.

E quais deveriam ser as 6 refeições diárias?

  1. Pequeno-almoço
  2. Meio da manhã
  3. Comida
  4. Lanche
  5. Jantar
  6. Recena

O ideal é que as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) são mais ricas em nutrientes e calorias, e que as outras (a meio da manhã, lanche e re-jantar) tenham menos de 200 kcal cada uma. De fato, a re-jantar pode consistir em uma infusão relaxante com uma onça de chocolate preto, (85% de cacau).

Perder peso

Quando você levar a cabo uma rotina diária, seja em suas tarefas diárias ou na dieta, o seu corpo agradece. Ao fazer 6 refeições leves a cada dia, você está evitando esse lanche desnecessário entre horas e você come alimentos com um teor muito baixo em açúcares e gorduras.

Metabolismo

Ao fazer 6 refeições leves por dia, está permitindo a seu corpo que não reserve o que não precisa e removê-lo com maior facilidade. Como consequência, irá manter o seu metabolismo saudável e em forma. Por se fosse pouco, o teu corpo entender-se que vai fornecer energia de uma forma muito mais constante, pelo que os seus níveis de vitalidade estará em seu ponto ideal.

Equilíbrio corpo e mente

Quando você se cuida, você se sente muito melhor consigo mesma. Quando você faz 6 refeições leves ao dia, nem seu corpo nem sua mente terão a necessidade de ingerir tantos açúcares e evitar esses níveis de ansiedade que lhe provocam os picos altos e baixos de glicose no sangue. E se, além disso, faz exercício físico de forma regular, o efeito positivo será ainda maior.

6 refeições ligeiras = 6 liquefeitos Saúde e Bem Estar

Na Summer Edition o que conseguimos são os 6 liquefeitos que substituam as 6 refeições ligeiras que devemos fazer a cada dia. Não está de mais lembrar que, no caso da terapia de liquefeitos, o ideal é fazê-la de maneira pontual. Por isso que você não deve se preocupar, pois é baixa em nutrientes, já que aumentamos a quantidade de proteínas e reduzimos à metade a dos açúcares.

Cuide de seu corpo, porque o ama, dê-lhe em cada momento o que você precisa e, sem perceber, você estará cuide cada dia.

“A vida é como uma bicicleta. Para manter o equilíbrio, você tem que seguir em frente”.

(Albert Einstein)

Compartilhe-o:

uma nova tendência para queimar calorias em casal

Sabia que uma hora de sexo pode equivaler a 30 minutos correndo? Queimar calorias pode ser um prazer. Explicamos-Te como se pratica o sexercise.

A chave para manter um peso ideal é combinar uma dieta equilibrada com atividade física regular. Até aqui nada de novo, mas por que sempre presumimos que a atividade física deve implicar inevitavelmente uma assinatura ao centro de fitness ou sessões de tortura que detestamos? E se o exercício fosse um prazer? E se fosse orgástico?

Esta foi a incógnita que deu pé a realizar um estudo na Universidade de Quebec, no Canadá, chamado Energy Expenditure During Sexual Activity In Young Healthy Couples. Basicamente, o estudo procurou verificar os níveis de energia consumidos durante o ato sexual e como o gasto calórico pode ser comparável ao de fazer algum esporte.

sexercise

Para começar, os dados indicam que os homens queimam, em média, 120 calorias durante 30 minutos de relação sexual e as mulheres 90. Daí que se chegue a afirmar que uma hora de sexo pode equivaler a 30 minutos correndo.

As conclusões extraídas deste estudo publicado na Public Library of Science deu pé a uma nova tendência é conhecida como” sexercise, que consiste em tirar o máximo de proveito dos encontros sexuais, explorando o seu potencial de queima de gordura, de modo que possa vir a substituir uma aula de spinning ou de Body Pump. Ou seja, menos de um ginásio e mais cama.

Este tipo de ‘exercício em casal’, além disso, é um ótimo acelerador do metabolismo, já que o contato dos corpos produz um ajuste térmico, que estimula o organismo.

Se pratique a primeira hora da manhã, em jejum, a queima de calorias é maior, já que o corpo, por não ter comida, terá que recorrer às reservas de gordura acumuladas.

Já existem diversas técnicas e dicas para tirar o máximo partido do sexercise, por outro lado, podem ser úteis para intensificar o relacionamento do casal e avivar a chama da paixão. Mudanças de postura, de ritmo, de velocidade para queimar mais calorias e somar excitação. Todos os músculos trabalham durante o ato sexual, por que simplesmente se trata de escolher a postura adequada para tonificar aquela zona que mais nos interessa: abdominal (a ponte), glúteos (cowboy), tríceps…

exercício em casal

E se você tiver dúvidas, esta calculadora sexual vo-lo é fácil. Você só tem que introduzir dados sobre a postura escolhida, a intensidade e a duração do ato para saber quantas calorias tendes queimado. Lembre-se que com 45 minutos de sexo (preliminares incluídos) tereis queimado as calorias equivalentes a um croissant. Prazeres que se compensam entre si!

O seu plano de treino pode começar esta noite. Você aponta o sexercise?

Compartilhe-o:

Nutrição ortomolecurlar: a comida, como medicina

A nutrição ortomolecular nos ensina que a comida pode ser a nossa melhor remédio. Vale a pena prestar atenção ao que enfiamos na boca.

A natureza é sábia e o nosso corpo é uma máquina perfeita, que reage diretamente a cada elemento que introduzimos nele. Nós Somos o que comemos e muitas vezes nosso estado de espírito, a nossa saúde e até nossos pensamentos são condicionadas pela alimentação que levamos.

É precisamente por isso que, recentemente, a nutrição ortomolecular tem ido aumentando o número de adeptos e interessados em cuidar de si mesmo a um nível que vai além de ter uma bonita figura. A nutrição ortomolecular nos ensina que a comida pode ser a nossa melhor remédio.

Todas as dietas détox falam de eliminar toxinas e depurar o organismo para libertá-lo de tudo aquilo que não precisa. E esta depuração sempre está associada à perda de peso ou emagrecimento, mas na verdade é muito mais.

Sabemos que o nosso corpo está preparado para ser limpo, por si só, e existem órgãos que trabalham justamente para isso. O que acontece é que muitas vezes esses órgãos precisam de um pouco de ajuda para evitar que certas substâncias acabem prejudicando a sua saúde.

Os órgãos que eliminam as toxinas de nosso organismo de forma natural são: o intestino, os rins e da bexiga, a pele, os pulmões, o fígado e a vesícula biliar, entre outros.

Mas existem, além disso, outros mecanismos bioquímicos que servem para eliminar substâncias indesejáveis que, ao depositar-se dia após dia em nossas células e tecidos, acabam provocando doenças.

Basta conhecer alguns exemplos comprovados cientificamente para confirmar que vale a pena prestar atenção ao que enfiamos na boca.

Você sabia que o seu cérebro é formado por 60% de gordura?

Convém eliminar os depósitos de substância beta amiloidea que se depositam nas células do cérebro e que acabam provocando a doença de Alzheimer.

Como?

Ajudando a produção e manutenção da mielina, que recobre e protege os neurônios. Para isso é imprescindível consumir ácidos Omega-3 e Omega-6, que pode encontrar em frutos secos, peixe gordo (salmão, atum, truta, anchova, bonito), azeite de oliva, azeitonas, sementes e abacate.

Você sabia que seus ossos são feitos de tecidos e células?

Convém eliminar os depósitos de ácido úrico, que acabam causando problemas articulares e reumáticas.

Como?

O consumo habitual de frutas e verduras ajuda a baixar os níveis de ácido úrico no sangue e melhora o aparelho osteoarticular, devido ao aporte de minerais alcalinos.

O que poucos sabem, também, é que as toxinas têm polaridade por tecido adiposo e, por isso, nos fazem engordar. Por sorte, como a própria ciência indica, os alimentos ricos em antioxidantes (frutas, legumes e sementes) e com poder lipolítico (como o chá verde ajudam a queimar as gorduras e para que não se acumulem no nosso corpo.

Portanto, a boa notícia é que estes depósitos de toxinas são neutralizados com substâncias que vêm de nossa alimentação, então nada melhor do que uma alimentação saudável e equilibrada para que a máquina do nosso corpo continue funcionando durante muito tempo.

Compartilhe-o:

Alimenta seu cérebro | Nutrição

E sem engordar nem um grama! Começa a energia mental de que necessita, sem enterrar seus abdominais

Alimente o seu cérebro

Nosso cérebro responde por 2% do peso de nosso corpo. No entanto, consome cerca de 20% da energia devido ao seu contínuo funcionamento. E que não pare! Mas para que tudo vá bem e trabalhe com a perfeição de um relógio suíço, que é o que nos interessa, temos que escolher bem o combustível que lhe damos. Alguns alimentos servirão para proporcionar energia e que seus pensamentos fluam sem parar, enquanto outros podem vir a prejudicar algumas funções e, em cima, engordarte. A seguir oferecemos um guia completo para que você possa dar comidita em seu piso, sem que engordes nem um quilo a mais.

Seu cérebro, pura gordura

O ômega 3, especialmente o DHA, um ácido graxo abundante em nosso cérebro e contribui para a manutenção das funções cerebrais, de acordo com a AESA. 60% de seu cérebro é gordura e 8% de DHA e, portanto, esta é imprescindível para uma correcta saúde mental. Vários estudos relacionam uma dieta baixa em gordura com maior risco de doença: é recomendável consumir 2-3 vezes por semana peixe, em especial o azul, ou um punhado de nozes por dia.

A vitamina animal

A vitamina B12 é uma substância que pode ser encontrada em alimentos de origem animal e sua deficiência prejudica o desempenho intelectual. Embora não costuma existir um défice geral, se você é vegetariano ou maior de 50 anos, é mais recomendável que você toma algum suplemento desta vitamina ou alimentos fortificados.

Nosso cérebro responde por 2% do peso de nosso corpo. No entanto, consome cerca de 20% da energia devido ao seu contínuo funcionamento. E que não pare! Mas para que tudo vá bem e trabalhe com a perfeição de um relógio suíço, que é o que nos interessa, temos que escolher bem o combustível que lhe damos. Alguns alimentos servirão para proporcionar energia e que seus pensamentos fluam sem parar, enquanto outros podem vir a prejudicar algumas funções e, em cima, engordarte. A seguir oferecemos um guia completo para que você possa dar comidita em seu piso, sem que engordes nem um quilo a mais.

Seu cérebro, pura gordura

O ômega 3, especialmente o DHA, um ácido graxo abundante em nosso cérebro e contribui para a manutenção das funções cerebrais, de acordo com a AESA. 60% de seu cérebro é gordura e 8% de DHA e, portanto, esta é imprescindível para uma correcta saúde mental. Vários estudos relacionam uma dieta baixa em gordura com maior risco de doença: é recomendável consumir 2-3 vezes por semana peixe, em especial o azul, ou um punhado de nozes por dia.

A vitamina animal

A vitamina B12 é uma substância que pode ser encontrada em alimentos de origem animal e sua deficiência prejudica o desempenho intelectual. Embora não costuma existir um défice geral, se você é vegetariano ou maior de 50 anos, é mais recomendável que você toma algum suplemento desta vitamina ou alimentos fortificados.

Coloque o sal iodado) à vida

O iodo é um mineral que contribui para a função cognitiva e o correto funcionamento dos neurônios. Ao contrário de outros micronutrientes, seu déficit é bastante comum e tem consequências relacionadas diretamente com as funções cerebrais. E isso eu não gosto. Como evitar que sua cabeça seja afetada? Pois, simplesmente colocando uma pitada de sal iodado em sua dieta. Também não exagere: com 2,5 gramas é suficiente.

Não se oxides

Com a idade e o desgaste diário, o nosso corpo se vai por meio da oxidação. Para evitar que isso aconteça precisamos de antioxidantes, como os flavonóides, que você pode encontrar em algumas frutas e legumes ou a vitamina E. Sim, aquela que contém o óleo de oliva, nozes ou o abacate, então já sabe. Inclui estes produtos em sua dieta de forma habitual.

Evita a inflamação

A inflamação está relacionada com a deterioração cerebral, por isso é muito importante você colocar um travão a esta situação em seu corpo. Como fazer isso? Diminui o consumo de alimentos proinflamatorios como os óleos de sementes ou o açúcar, e evita o excesso de peso e a obesidade e, em geral, o excesso de gordura corporal. Este tecido adiposo é um órgão do nosso corpo, mas, em excesso cria citocinas, substâncias inflamatórias, nada aconselháveis para o seu organismo.

Um doce pode ser amargo

O cérebro, em condições normais, se nutre de glicose, um açúcar, e é necessário consumí-lo. O certo é que os picos normais de açúcar no sangue podem ajudar o desenvolvimento da demência, por isso, como você pode ver, atiborrarse deste produto não é o mais adequado. O melhor para o nosso cérebro ao consumir carboidratos é que o faça em forma de cereais integrais, que dão energia contínua e não produzirão as subidas repentinas que queremos evitar.

Água, como os peixes

A desidratação afeta o nosso estado de concentração e na diminuição de nossas capacidades cognitivas. Por isso, manter-se hidratado é essencial para ajudar a que o seu cérebro funcione, como é devido. Para saber se você está bem hidratado atende a sua sensação de sede e a cor de sua urina. Se é muito escura deverá beber um pouco mais de líquido, seja na forma de água, caldos ou infusões. Pode também incluir de forma diária de frutas e legumes que, além do habitual aporte de antioxidantes, que te dão um extra de líquido em sua dieta. Nós dois por um!

Dê energia para teu cérebro

– Treine sua mente: O exercício libera neurotransmissores como a serotonina ou dopamina, hormônios da felicidade, e evita que ele se deteriore e melhora a memória.

– Não se estresses: O estresse pode provocar depressão ou demência. Procura a cada dia alguns minutos para si ou pratique yoga, relaxamento ou meditação.

– Repousa seus neurônios: Dorme 8 horas para regenerar seu corpo e também a sua mente! Dormir mal pode afetar diretamente a t

Adeus ao comando para abrir o parque de estacionamento | Estratégia

Com Parkingdoor, você pode abrir a garagem do seu celular ou até mesmo compartilhar o acesso com a sua família, amigos ou convidados, sem necessidade de prestar comando ou chaves.

Você dirigindo para sua casa, você vai abrir a porta da garagem com o seu controle remoto e não o encontra, ou não tem o suficiente para a pilha. E então você tem que tirar a chave, ou o que é pior ainda, tiver que descer do carro e abrir manualmente. Esta situação, mesmo que não te aconteça todos os dias, em breve será coisa do passado, graças a Parkingdoor, um sistema que permite abrir a porta do estacionamento comodamente a partir do seu telefone móvel.

Parkingdoor consiste em um receptor que se instala na porta da garagem e uma app que pode funcionar em iPhone, Android, Apple Watch e Pebble, mas também se pode acessar o serviço através da página web de Parkingdoor.

Uma vez instalado o dispositivo, basta fazer o download da app e vinculá-la através de bluetooth. A partir desse momento você já pode abrir a porta com um único clique do telefone. A instalação é compatível com qualquer sistema de abertura automática, seja com um código fixo ou com código variável, e não é necessário realizar nenhum tipo de trabalho para colocar o dispositivo receptor.

Partilha a tua garagem

Uma vez ativado e funcionando, não só funciona como seu próprio controle, mas que, em qualquer momento e em qualquer lugar, você pode ativar ou desativar o acesso. Desta forma , por exemplo, abre-se a possibilidade de que você possa compartilhar o seu lugar de estacionamento em horas específicas, sem a necessidade de preocupar-se de ir prestando chaves ou mãos, alterar códigos, etc.

Controla os acessos para a garagem com Parkingdoor

Esta funcionalidade é ideal, por exemplo, para comunidades de vizinhos, já que a partir de um computador ou de um telemóvel, é possível ativar ou desativar os acessos de todos os usuários. Igualmente, você pode ativar acessos temporários para serviços de limpeza ou manutenção, visitantes e convidados. Todas as entradas e saídas são registradas online, de forma que o proprietário pode consultar em qualquer momento que tenha usado esse ponto de acesso. É o caso de comunidades de vizinhos, hotéis ou escritórios que necessitam de gerir muitas praças de cada vez, e que podem facilmente controlar todos os acessos online.

Se você usa mais de uma vaga de garagem, você pode ir adicionando diferentes acessos à sua aplicação, desde que eles também tenham instalado o sistema de abertura, de forma que você tem o controle de abertura de todos os garagens no mesmo clique. Além disso, com cada ponto de acesso pode adicionar mais informações para quem for usar, assim como a geolocalização para encontrar facilmente a entrada.

Parkingdoor é mais econômico do que muitas soluções existentes. O mais básico, para usuários com sistema de código fixo, custa apenas 59€, incluindo o transporte do dispositivo receptor. No caso de portas com código de variável, o preço sobe para 69€.

Dispositivo receptor Parkingdoor

Acaba com o seu mau hálito | Estratégia

Continue lendo e descubra o que você deve fazer para corrigir esse problema.

Pela manhã você se virar e susurras: bom dia. E ela trás da explosão de hálito rançoso que surge de sua boca. Porque nada estraga um despertar como o mau hálito da manhã. O problema é: De onde vem? Porque o seu cepillaste os dentes da noite anterior. E também não sofre de uma doença gástrica. Por que o cheiro do teu fôlego como uma lata de cavala aberto em uma estação de metrô?

Protocolo de actuação

Não adianta lavar os dentes de qualquer maneira. Você tem que fazê-lo com dedicação. Porque qualquer pedaço de comida que ficam entre os seus dentes se torna uma isca para as bactérias. De fato, se alimentam de partículas de alimentos que ficam para trás e favorecem o mau hálito ao liberar compostos voláteis de enxofre através da respiração anaeróbica.

Solução: tome o seu tempo com a higiene bucal. Usa escova, fio dental e enjugue anti-séptico. Não deixe nada para trás.

RELACIONADO:Uma cloaca na boca

Não respires pela boca

A saliva é sua amiga. Leve muito em conta. Apresenta um alto teor de oxigênio, que, por sua vez, é o que mata as bactérias, quebra as partículas de alimentos e dos resíduos, tornando-os desaparecer da boca quanto tragas.

O problema é que a produção de saliva diminui, enquanto você dorme. E se você está respirando pela boca, você está criando uma zona seca, onde as bactérias prosperam.

Solução: Pode ser algo tão simples como dormir de barriga para baixo. Ou talvez você precisa de um descongestionante

Evite o álcool

Nada como o enxágue bucal para acabar com a tolice bucal. Mas não um enxágue qualquer um. Umedece a boca, use bastante água e um enxágue bucal sem álcool: o álcool vai secar a boca, que é o último que você precisa.

Solução: Procura a versão sem álcool, qualquer que seja o colutorio que você utilize. E evita o vodka na medida do possível.

Curta o ácido

As bactérias não apenas adoram uma boca seca, também procuram lugares ácidos para poder alimentar-se e multiplicar-se.

Solução:Uma alternativa é fazer gargarejo com bicarbonato. De fato, muitos produtos odontológicos incluem bicarbonato de sódio, o que ajuda a cortar o ácido e eliminar o mau cheiro.

Escova a língua

Você usa fio dental, se você está escovando religiosamente, mas ainda assim você acorda feliz com esse bafo de cão. Talvez é hora de prestar mais atenção à língua. De fato, a língua tem muitas superfícies onde as partículas de alimento pode ficar.

Solução: Para manter a língua limpa, além da escova precisa de um raspador de língua.

RELACIONADO:Cepíllate como um profissional

Abre o primeiro centro de fitness cannábico na Califórnia | Fitness

Os utentes deste spa em San Francisco, são colocados em forma, uma vez que se colocam com maconha

Já anunciamos, de antemão, que esta notícia vai gerar bastante alvoroço na comunidade fit, mas não surpreendente deixa de ser verdade. Jim McAlpine, um empresário de São Francisco, abrirá no próximo mês de maio, o primeiro centro de fitness cannábico nos Estados Unidos, e diríamos que, no mundo, que será chamado Power Plant Fitness. De fato, a Califórnia é um dos primeiros estados em que já é legal, o consumo de maconha com fins medicinais como recreativos.

Em uma entrevista concedida para a revista Outside, McAlpine, explica que a sua intenção é mudar o estereótipo de que os consumidores de maconha são sempre tipos sedentários ancorados no sofá, e que, na realidade, a maconha pode levar o treinamento a outros níveis. McAlpine, que já é conhecido nos estados UNIDOS por ser um ativista em defesa do consumo de maconha, e foi o organizador de competições como os 420 Games, cerca de campeonatos esportivos para os amantes da cannabis.

Embora ainda não se conhece muito bem como vai funcionar, o proprietário já foi explicado que os treinadores e monitores deste ginásio avaliam o desempenho de cada usuário e lhes confeccionarán planos de treinamento que abrangem o consumo de maconha. Igualmente, os usuários que não gostam de fumar maconha, também podem comprar no mesmo ginásio outros produtos comestíveis baseados na planta cannabis sativa.

As pesquisas neste campo são confusas, mas sim, há estudos recentes que demonstram que o consumo de maconha aumenta o limiar de dor, reduz a inflamação e os níveis de ansiedade. McAlpine, também explica que a sua experiência lhe permite assegurar que o consumo de maconha pode ajudar a trabalhar a 100% e a dar tudo durante o treino.

McAlpine foi associado com o ex-jogador de futebol americano Ricky Williams, aposentado em 2004 e ficou conhecido por ter dado algum que outro positivo em um controlantidoping. De fato, Williams confessou que consumia maconha porque lhe dava melhor resultado que um medicamento antidepressivo chamado Paxil.

Em maio, abrirá o primeiro Power Plant Fitness em San Francisco, mas já está previsto abrir mais centros em San José, Seattle, Portland, Los Angeles e Denver.

Em sua página web adicionou este vídeo relacionando fitness e maconha.

De certeza que dará muito o que falar, porque se misturam dois conceitos teoricamente antagônicos, como o estar em forma e o consumo de drogas. De momento, aqui explicamos como o consumo de maconha afeta o seu organismo.